Olá,
gostaria de ser atendido
pela Ouse!

Ter um comércio eletrônico se tornou o objetivo de muita gente. Cada vez mais as pessoas estão usando a internet para vender, afinal de contas, este espaço é uma janela para o mundo e o limite de ganhos são incalculáveis.

É claro que não estamos dizendo que um e-commerce é sinônimo de ganho de dinheiro fácil. Porém, pode ser bem mais simples abrir uma loja virtual do que uma física onde o aluguel é caro, há dezenas de impostos e assim por diante.

Ainda está na dúvida se ter um e-commerce é para você? Então, confira abaixo as principais vantagens dessa ferramenta e faça o seu negócio ser o maior sucesso!

6 motivos para ter um e-commerce

1. Aberto 24 horas

Uma das maiores vantagens de uma loja virtual é a possibilidade de vender os seus produtos 24 horas por dia. Se você parar para pensar, é fácil concluir que nenhuma loja física pode ter esse benefício por toda a sua existência. Afinal, não se trata de um espaço virtual. 

Se o seu consumidor quiser, ele pode entrar na sua plataforma e fazer uma compra de madrugada, ou em um horário muito complicado para lojas comuns. Você vai ver como a sua taxa de vendas pode aumentar por meio dessa vantagem.

Pense bem, se você fosse ter um comércio aberto 24 horas, além de ser improvável a depender da mercadoria, o custo com funcionários, energia elétrica, adicional noturno e outros seria imenso. Na loja virtual você não terá nenhum deles.

2. Envio de compras para qualquer lugar

Outra coisa que melhora é a entrega de compras. É claro que temos as taxas de entrega dos correios, mas ainda assim entregar produtos remotamente continua sendo uma grande vantagem para o negócio. Basta pensar que, com uma loja virtual, você pode alcançar mercados em outros estados e até em outros países. 

Quando estamos falando de lojas físicas, a pessoa precisa ir até o local para realizar a compra. Esse tipo de comodidade é extremamente procurada por consumidores hoje em dia, que acabam até comprando mais em lojas estrangeiras.

É muito simples entender esta vantagem se colocando no lugar do consumidor. É bem provável que, por vários momentos, você tenha comparado os preços de um mesmo produto comprando na loja física e online. Comprando pela internet, o preço saía bem mais em conta, mesmo pagando frete. Muitas vezes, na mesma loja, o produto pela internet é mais barato do que na loja física.

3. Baixo custo de manutenção

Os custos de manutenção de qualquer espaço físico podem chegar a enormes preços. O mesmo não ocorre com lojas virtuais, já que a manutenção da qual estamos falando aqui é apenas a manutenção de um site, um espaço virtual sem muitos custos. 

É claro que você vai precisar de pessoas capacitadas para fazer essa manutenção, mas ela é realmente mais fácil. Você ainda tem a possibilidade de terminar essa rotina de reformas em menor tempo, e o seu consumidor retoma as compras mais rápido.

E, melhor ainda, se você tiver uma empresa por trás disso. Ela estará monitorando sempre o que está acontecendo com o seu site. Isso reduz e muito as chances de erros, especialmente em épocas de maiores vendas e acesso à plataforma como Dia das Mães, Natal e Black Friday.

4. Investimento proporcional em marketing

Que o marketing é a alma do negócio, disso ninguém duvida, afinal de contas, quem não é visto não é lembrado. Sim, essas duas frases sobre marketing que a gente precisa sempre ter em mente. Apesar de serem clichês, são bem verdadeiras.

Normalmente, negócios locais e físicos costumam usar o marketing tradicional como propagandas na rádio, outdoors e outros do tipo. O problema aqui é que esses meios de comunicação possuem valores fixos que nem sempre o empreendedor pode pagar, especialmente o iniciante.

Mas, fazer anúncios e investir em posts orgânicos nas redes sociais é algo que, além de ter um custo muito menor, também pode ser proporcional aos ganhos da empresa. Outro ponto relevante é que aqui os resultados podem ser mensurados e você pode saber se, de fato, conseguiu alcançar sua audiência.

Além disso, um e-commerce pode ter um blog dando dicas para os usuários, ajudando-os a fazer a melhor compra possível e evitar assim arrependimentos no futuro. Você também pode fazer parcerias com outros e-commerces criando guest posts.

5. Acompanha o comportamento do consumidor

É muito mais fácil e rápido mudar a estrutura e o layout de um site para atender ao comportamento do consumidor — que muda constantemente — do que uma loja física. Sem contar que é mais barato.

Uma loja física para mudar, é preciso adicionar, reformar ou retirar mobília, mexer na estrutura do prédio em si e assim por diante. É custo e um tempo precioso que a loja fica fechada sem conseguir gerar lucros.

Além do mais, o comportamento do consumidor está cada vez mais preocupado com a experiência de compra. Por isso, um site pode oferecer de forma muito mais específica e rápida o que um cliente precisa.

6. Pode começar sozinho

É praticamente impossível pensar em começar um negócio físico sozinho a não ser que seu estabelecimento seja pequeno ou que você seja um prestador de serviço. Mas ainda assim, vai precisar de, pelo menos, uma pessoa para te ajudar.

Como você vai conseguir oferecer o melhor atendimento dando atenção a 3 pessoas ao mesmo tempo? Tem horas que a loja está vazia, mas tem horas que entram todos de uma única vez.

No caso do e-commerce essa preocupação não é necessária, pois como o próprio cliente escolhe o produto e realiza a compra, não há tanta necessidade de uma outra pessoa no negócio. Dessa forma, você só vai precisar contratar alguém pra te ajudar quando puder pagar por isso sem perder os seus ganhos ou sua qualidade de vida.

Viu como a criação de um e-commerce pode te ajudar consideravelmente? E, se você está precisando de alguém para te ajudar e não faz ideia de por onde começar, aqui na Ouse a gente tem uma equipe inteira especializada em criação de comércio eletrônico.

Entre em contato com os nossos especialistas e tire todas as suas dúvidas sobre o assunto!